Resenha Eudora Cabernet

Resenha Eudora Cabernet

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet
Cá estava eu, procurando na minha gavetinha de makes alguma
cor diferente, a qual eu não costumava usar. Pegava um, pegava outro, “já usei
ontem”, “já usei na segunda”, “estou enjoada”, “ah, muito claro”. Olhava,
olhava, e nada. Sabe aquela situação em que você abre o armário, observa,
seleciona, para e fala: “eu não tenho roupa para vestir!”, mas então, no caso
eu exclamei para mim mesma: “eu não tenho batom para usar!”.
Cansei de procurar e peguei uma cor neutra, afinal, batom
Nude vai com tudo. Já que não me decidia por uma cor, que não tivesse nenhuma! Não
tinha horário para sair de casa, afinal ninguém é obrigado ter motivos para
sair de casa, então decidi fazer a atividade que todo mundo faz, todo mundo é
viciado: olhar o facebook.
Olhando olhando, lendo, curtindo, comentando. Cá chego numas
das páginas que eu curto. Li as novidades, vi as imagens publicitárias que não
pode faltar e parei. OPA! Um calorzinho subiu pelo meu corpo e uma lâmpada
acendeu-se em minha cabeça: eureca! “Era isso que eu precisava!” Ali estampado
estava aquilo que me fazia falta.
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet
Decidi então, mudar meu rumo, iria atrás daquele pote de
ouro no fim do arco-íris, já sabia onde o encontraria, era só ir até lá. E eu
fui! E sim! Eu consegui o meu pedaço de tentação. Saí da loja já com ele,
sentindo-me a diva da passarela, a diva da rua, sai desfilando, me sentindo A
diva, eu estava desfilando, todos parando para me olhar, comentando o quão
maravilhosa estava. Eu tinha conseguido meu batom diferente, minha cor que
nunca usei, aquilo que me faltava. Consegui meu Eudora Cabernet.
Pois é, quem não gosta de se sentir aquela diva? Essa
pequena história pode acontecer com qualquer um, por que realmente acontece.
Quem não sente aquela satisfação por ter um problema resolvido né? Ainda mais
quando envolve nossa autoestima.
Um tom escuro, mas não tão chamativo, um vinho puxado para
um roxo, cor de berinjela, mas não tão berinjela assim, temos o vermelho bem
marcante ainda. É um matte, então tem uma cor mais fosca.
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet
Ele dura! Muito bem, por sinal. Dá para comer, dá para
beber, dormir, beijar, dá para fazer de tudo um pouco que ele não sai, se sair,
a cor continua mesmo que mais fraca e mais avermelhado. E isso eu adoro!
Afinal, ter que ficar retocando batom? Ah, não é para mim não.
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet

E o melhor de tudo! O batom vinho vai com tudo. Vai sozinho,
vai com make pesada (sem cores vibrantes), vai de dia, vai de noite. Então é
aquele queridinho que você pode por na bolsa e usar sempre que desejar.
Não é lindo gente? É um bom batom para quem tá querendo
iniciar nos batons escuros, por que ele não é tão escuro assim. É um bom
meio-termo.
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet
Você não vai ficar sem o seu né? Para conseguir uma
belezinha dessas, pode ser pelo site ou por uma revendedora.

Beijinhos de luz para vocês.
yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Resenha Eudora Cabernet

6 thoughts on “Resenha Eudora Cabernet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *