Qual a origem do Dia da Mulher?

Qual a origem do Dia da Mulher?

O dia da mulher está sendo comemorado mundialmente no dia 8 de março, dia o qual eu estou escrevendo este post. E como todos os anos temos comemorações, flores, presentes, e… Tá, isso já é bem explorado, né?

Mas… Eu quero puxar outro lado. Este dia tem um motivo bem triste, um motivo de luta, morte e o sentimento de igualdade perante a sociedade que todas tanto lutamos.

Segundo a Datafolha, em 2016 503 mulheres foram vítimas de agressão física a cada hora no país. Número o qual representa 4,4 milhões de mulheres agredidas.

A pesquisa mostra que 9% das entrevistadas relatam ter levado chutes,
empurrões ou batidas; 10% dizem ter sofrido ameaças de apanhar.
Além disso, 22% afirmam ter recebido insultos e xingamentos ou terem
sido alvo de humilhações (12 milhões) e 10% (5 milhões) ter sofrido
ameaça de violência física. Há ainda casos relatados mais graves, como
ameaças com facas ou armas de fogo (4%), lesão por algum objetivo
atirado (4%) e espancamento ou tentativa de estrangulamento (3%). G1

Recomendo ler a pesquisa aqui no post da G1 , por que esses dados são só uma pequena parte.

E não é só isso, segundo a Pesquisa Women in Business, da consultoria Grant Thornton, 16% dos presidentes de empresa no Brasil são mulheres.

O desemprego é maior entre mulheres, e chega a 13,8% em 2016, enquanto os homens tem 10,7%

Enfim, se pesquisarmos temo muitos resultados negativos perante a vida da mulher em sociedade, e tanto se luta contra esses resultados.

Por isso, o dia da mulher não deveria ser apresentado de forma tão bonita e pomposa, e sim como um dia de luta, uma representação da luta diária que temos de viver.

Aliás, você sabe da onde vem o dia da mulher?

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Qual a origem do Dia da Mulher?

Acredita-se que esse dia tenha surgido a partir de um incêndio em uma fábrica têxtil em Nova York no ano de 1857, no dia 8 de março, onde aproximadamente 130 operárias morreram carbonizadas.E ah, esse incêndio foi proposital, foi uma forma de repressão contra uma manifestação feminina que reivindicava melhores condições de trabalho como: redução da jornada para 10 horas (elas trabalhavam 16 diariamente), salários parecidos com os dos homens (ela recebiam até um terço do salário masculino na mesma tarefa) e tratamento digno no ambiente de trabalho.

Que aconteceu? Repreensão violenta. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica que foi incendiada.

O dia da mulher foi decidido em uma conferência na Dinamarca, em homenagem a essas mulheres que morreram bravamente e desumanamente em 1857 e por fim a ONU em 1975 oficializou mundialmente esta data.

E nessa data comemoramos as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres. E não a nossa existência como coloca-se.

Embora as coisas tenham melhorado muito desde aquela época, ainda sofremos muito em nosso dia-a-dia. Então ainda temos muito o que conquistar e trabalhar para que esse dia seja uma real comemoração.

Espero que sabendo a origem sangrenta desse dia, leve você, que está lendo este post a pensar: o que posso fazer ao meu alcance para que alguma coisa mude? Já parou para pensar nas suas ações, convicções e ideias? Vamos usar esse dia para se informar e tentar mudar, aos poucos nossa cabeça para que mais e mais conquistas sejam alcançadas pelo coletivo.

“Feliz” dia das mulheres para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *